autora convidada

Kristen Roupenian, autora de “Cat Person”, participa da Flip 2019

Um conto publicado na revista americana New Yorker, no início de dezembro de 2017, ganhou o mundo em poucas horas: ‘Cat Person’, que narra o envolvimento de Margot, de 20 anos, com Robert, de 34, e mostra como a troca de mensagens via celular cria uma expectativa que o encontro na vida real nem sempre é capaz de realizar. A história, da escritora Kristen Roupenian, foi o conto mais lido em 2017 no site da revista, e integra a coletânea “Cat Person e outros contos” (Companhia das Letras), lançada agora no Brasil. A autora participa também da Flip 2019, que acontece de 10 a 14 de julho em Paraty (RJ). A 17ª edição da Festa Literária tem Fernanda Diamant como curadora do Programa Principal e o arquiteto Mauro Munhoz como diretor geral e artístico.


A autora

Aos 36 anos, Kristen Roupenian era uma escritora pouco conhecida até a publicação na New Yorker, responsável pela divulgação de contistas como a canadense Alice Munro, ganhadora do Nobel em 2013. Com a repercussão da história – em um fenômeno que ganhou a alcunha de“viral fiction” (ficção viral, em tradução livre) – a autora teve os direitos de seu livro “You know you want this” – coletânea de contos que inclui “CatPerson” – comprada por US$ 1 milhão na Inglaterra, um dos mercados editoriais mais concorridos do mundo. O livro teve seus direitos vendidos também para a HBO, que prepara uma adaptação dos contos para a TV.


No início deste ano, Roupenian publicou, também na revista New Yorker, um relato sobre como havia recebido a repercussão da história publicada em 4 de dezembro de 2017. “Três dias depois,estava sentada em um café com a minha namorada, Callie, tentando escrever, quando ela olhou para o computador e disse: ‘Tem alguma coisa acontecendo com asua história.’ (...) ‘É apenas o Twitter’, eu disse. (…) Então eu cheguei em casa, abri o Twitter e vi uma série de notificações de estranhos. Eu estava lendo as mensagens quando minha mãe ligou (…) num determinado momento ela disse: ‘Oh, meu Deus, Kristen, uma pessoa que o Obama segue retuitou suahistória.’”


“Li ‘Cat Person’ e achei muitobem escrito, cheio de ambiguidades e humor sutil, além da sensibilidade para o fenômeno contemporâneo que levou à viralização”, afirma Fernanda Diamant. “Fui atrás dos outros textos dela e encontrei outras qualidades. Tem contos muito brutais, narradores estranhos, e até uma paródia de conto de fadas. Ela varia bastante no estilo mas sempre tratando de temas relevantes com originalidade e desconcerto”.


Flip2019

A 17ª edição da Flip acontece de 10 a 14 de julho, em Paraty, e tem o escritor Euclides da Cunha como Autor Homenageado.


Quem faz a Flip

A Flip tem o patrocínio do Ministério da Cidadania, através de sua Secretaria Especial de Cultura, a partir do Edital de Feiras Literárias e por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, além de copatrocínio da EDP e da CMPC. A edição 2019 continua em fase de captação de recursos.

share
Logo da Casa Azul