notícias

outras programações

Primeiro dia de FlipMais: o perfil do leitor brasileiro em debate

A programação da FlipMais foi inaugurada nesta quinta (30), na Casa da Cultura Câmara Torres, com a primeira série de encontro sobre o perfil do leitor no Brasil, intitulado “Retratos do leitor e do não leitor”. A inciativa é resultado da parceria entre o Instituto C&A, o Instituto Pró-Livro, o jornal O Globo e a Flip, para discutir também em quais condições o brasileiro está consumindo literatura.

 

A mesa inaugural do ciclo, chamada “Leituras cruzadas”, teve participação de Luiz Antônio Torelli, Marcos da Veiga Pereira, Mariana Silveira Bueno e Zoara Failla, sob mediação de Leonardo Case. Na conversa, o grupo discutiu dados de três pesquisas sobre, Retratos da Leitura no Brasil, Indicador de Analfabetismo Funcional (INAF) e Produção e Vendas no Mercado Editorial Brasileiro (Fipe).

 

Os estudos mostram um aumento entre os leitores nos últimos anos, contra a baixa de vendas no mercado, em que livros religiosos são grande o destaque. No Brasil, a média de leitura é de 4,96 obras ao ano, segundo a pesquisa do Retratos da Leitura no Brasil.

 

Logo depois, ocorreu a exibição do documentário “Banksy ocupa Nova York”, do diretor Chris Moukarbel, que mostra o projeto de um mês do artista em NY no ano de 2013, quando realizou intervenções diárias na cidade. Encerrando o dia, o "Noites de cinema" exibiu “Ela volta na quinta”, drama ficcional do diretor André Novais que mostra o cotidiano arrastado de uma família, de Maria José e Norberto, que decidem se separar após 35 anos de casamento. 

share
Logo da Casa Azul